.:Matheus com H│Blog: Janeiro 2017

08 janeiro 2017

Frases de um dossiê de amor


Uma pitadinha de sal rosa do Himalaia é suficiente pra afagar o gosto amargo de umas buchas de abobrinha amassada. Quando eu imaginaria que após aquela sessão fria de um domingo eu sairia tremendo e com vontade de querer escalar o mais alto pico do planeta Terra. Quando eu imaginaria que em um dado momento da minha vida eu iria decidir por adotar esse grande geoide como meu objeto de estudos? É engraçado pensar que no polo mais acadêmico da cidade ou do estado eu encontrei um amor assim? Um que é tão bom e por ser tão bom, espero sempre o melhor, e por isso, qualquer poeira sob cola me faz pensar mil coisas da forma mais complexa possível. Mas sendo a existência humana passível de desequilíbrios, por que não seria o que deriva dela também? Mesmo assim, mesmo sendo a existência humana limitada, ao menos quero que esse amor dure enquanto a minha durar e, se possível, compensar ainda o tempo que ele ainda estava por vir, se assim permitirem os céus, as estrelas ou qualquer conspiração universal que houver.
Ver um filme faz parecer tão simples a escalada, mas sei que não é. Não sou nenhum homem de aço, não basta um pulo até chegar no ponto mais alto, é preciso mais, esforço, trabalho e dedicação. Mesmo que meus braços sejam fracos, estou disposto a deixá-los mais fortes pra isso. Se o céu não pode ser tocado, se somos imperfeitos e incompletos, que ao menos poder sentir o melhor e poder provocar o melhor. Quero que dê certo. Quero ter o privilégio de trocar nossas almas de lugar por certos instantes.